Agências do INSS ficarão abertas na fase vermelha em SP

Unidades funcionam das 7h às 13h, apenas para agendamentos; governo estadual diz que atividade é essencial

O INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) informou que irá manter suas agências abertas em todo o estado de São Paulo, mesmo na fase vermelha da pandemia de coronavírus, que começa a valer neste sábado e vai até o dia 19 de março.

“Não há previsão de fechamento das agências do INSS no estado de São Paulo devido à entrada na fase vermelha”, diz nota enviada pelo instituto.

As restrições de circulação na fase vermelha foram adotadas pelo governo estadual na tentativa de conter o avanço da pandemia de Covid-19, que tem alcançado números elevados em São Paulo, com a lotação de 100% dos leitos de UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) em algumas regiões.

Segundo o INSS, desde que reabriu suas agências, em setembro do ano passado, as unidades adotaram um protocolo especial de atendimento presencial, para evitar aglomerações.

O protocolo do instituto inclui um horário reduzido de funcionamento, das 7h às 13h, com atendimento feito apenas para casos agendados. Quem chega no local sem ter o número do agendamento é obrigado a voltar para casa.

Além disso, há limitação dos serviços essenciais. O que tem funcionado até agora nas agências previdenciárias são atendimento de perícia médica, avaliação social, justificação administrativa e parte dos cumprimentos de exigências.

O instituto lembra que a maioria de seus serviços é oferecida a distância, seja por telefone, por meio da Central 135, ou pela internet, no site ou aplicativo Meu INSS. Na última atualização divulgada pelo órgão, foi informado que dos 96 serviços do INSS, 91 podem ser feitos de forma remota.

O governo do estado afirmou que o INSS é enquadrado na categoria de serviços essenciais. O funcionamento é permitido, desde que atenda a critérios de segurança sanitária.



Serviços a distância | INSS

  • Muitos dos serviços do INSS, inclusive os pedidos de benefícios, podem ser realizados a distância
  • Veja como fazer os principais pedidos:
  1. Internet > meu.inss.gov.br (é necessário fazer um cadastros para a maioria dos serviços)
  2. Telefone > 135 (atendimento de segunda a sábado, das 7h às 22h)

O que fazer?

  • Durante a pandemia do novo coronavírus, para evitar o risco de contágio, o INSS recomenda que segurados e beneficiários prefiram utilizar o atendimento da seguinte forma:
  1. Canais remotos: use o Meu INSS sempre que possível, inclusive para enviar documentos para o cumprimento de exigência
  2. Urnas nas agências: todas os postos do INSS, inclusive os que estão fechados ao público, possuem urnas para a entrega de cópias de documentos
  3. Agendamento: só vá à agência do INSS se o atendimento estiver previamente agendado pelo telefone 135 ou por meio do Meu INSS

O segurado pode, se preferir, agendar o atendimento presencial em qualquer unidade do INSS que esteja aberta ao público

Fonte: Agora São Paulo

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support