PACTO COMERCIÁRIO

postado em: Direitos | 0

A “Jornada Comerciária: Sindicatos Fortes. Direitos Protegidos!” aprovada por unanimidade no 27º Congresso Sindical Comerciário do Estado de São Paulo unifica as lutas dos comerciários paulistas em defesa dos sindicatos, dos empregos, salários e direitos. Agradeço os sindicatos filiados que atenderam ao chamado da Federação e, ao inscreverem seus congressistas, contribuíram para o lançamento de um pacto histórico que firmamos com a categoria para lutar pela sobrevivência dos sindicatos e pelos direitos, com o reconhecimento de que os comerciários reúnem forças capazes de conter o aniquilamento dos sindicatos e garantir o futuro das entidades. Com esta unidade, firmamos no evento um pacto histórico. Um dos desdobramentos do tema “Sindicalismo Reorganizado” reitera que a única força de resistência a retrocessos de direitos é o sindicato.

Naquele sábado, 26 de outubro, também comemoramos, em Avaré, o Dia do Comerciário, intitulado “Avante: com garra e determinação”. Os dois eventos tiveram a exclusividade de reunir o maior número de trabalhadores de uma única categoria: cerca de três mil! Somente os comerciários fazem isso! Da mesma forma que somente a nossa categoria inaugura um Centro de Convenções e um Parque Aquático em meio a uma forte crise enfrentada pelo movimento sindical. Os comerciários paulistas não são melhores do que ninguém, mas são diferenciados.

Proteção

Fizemos a diferença ao lançar a nossa “Jornada Comerciária”. Com ela, vamos colocar em prática os encaminhamentos do Congresso. Ou seja, reorganizar os sindicatos para ampliar a defesa dos interesses dos comerciários e assegurar a sobrevivência das entidades. Hoje, mais do que nunca, sindicato significa proteção. O trabalhador precisa do sindicato para estar protegido. A Reforma Trabalhista colocou os trabalhadores para negociar diretamente com os patrões, criou novas formas de contratações que desamparam a classe trabalhadora e trouxe insegurança jurídica para os empregadores. A Reforma Sindical, por sua vez, precisa ser amplamente discutida para se definir o aperfeiçoamento da estrutura e da organização sindical.

Diálogo

Os comerciários estão contribuindo para o amadurecimento desta discussão ao participarem do 27º Congresso e da comemoração ao 30 de Outubro. As seis deliberações aprovadas devem, agora, ser multiplicadas em todo o Estado, mas com um diálogo qualificado, mostrando que os direitos que os trabalhadores têm hoje, como férias e 13º, foram conquistas dos sindicatos! Sindicato é a união de todos nós. Forte, ele amplia a proteção do comerciário e resolve conflitos!

Sindicalização

Uma das deliberações aprovadas reconhece a importância da sindicalização para fortalecer a entidade. Apesar das reformas, os sindicatos precisam estar vivos e ativos! Esta atuação deve se dar nos locais de trabalho, nas mobilizações de rua, nos meios de comunicação e principalmente no Congresso Nacional, onde as decisões são tomadas. Como deputado federal, tenho participado de debates em torno das várias propostas de Reforma Sindical que estão sendo apresentadas na Câmara. Também tenho acompanhado a retomada das discussões da Agenda da Classe Trabalhadora, há anos na Câmara, e que foi atualizada em 23 pontos pelas Centrais Sindicais.

Povo

O Sindicato também deve se aproximar da população e mostrar quantos serviços e benefícios são prestados, como saúde, educação, esporte e lazer, além das atividades sindicais. O novo sindicato precisa estar bem conceituado perante a opinião pública para mostrarmos que fazemos coisas que o Estado não faz, mesmo com a quantidade de impostos que pagamos. Vamos colocar o sindicato mais perto da população. O povo tem que estar do nosso lado. É importante lutar contra a rejeição aos sindicatos.

Sem esmorecer

Aos dirigentes sindicais cabe a responsabilidade de organizar os locais de trabalho, incrementar as negociações coletivas, dialogar com os patrões e não se acomodar diante das mudanças impostas aos sindicatos! Não vamos esmorecer. Estou certo que com unidade e colocando em prática as seis deliberações do 27º Congresso, vamos superar as dificuldades e vencer as adversidades!

Luiz Carlos Motta
Presidente

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *