Sincomerciários Avaré: A voz da categoria comerciária de Avaré e Região

No ano que se passou, completamos 25 anos de fundação em Avaré, que foi comemorado com festividades, sorteios, conquistas e inaugurações, mas dentre todas as ações a mais importante, sem duvida, é a ATUAÇÃO do Sincomerciários frente a defender os interesses trabalhistas.

Estamos vivendo um retrocesso nas conquistas e direitos que levamos anos, décadas para adquirir, prova disso é sem dúvida aprovação da Reforma Trabalhista um verdadeiro “golpe” a todos os trabalhadores.

Mesmo diante das intensas mudanças que vivemos em nosso País. Nunca o Sincomerciários foi tão necessário nesse momento político atual como meio para os enfrentamentos e lutas em defesa dos direitos do trabalhador e da previdência do nosso povo. Não vamos recuar em nossos ideais, mesmo diante do poderoso jogo político que existe em torno da redução dos direitos dos trabalhadores e de seus direitos previdenciários. Continuaremos fazendo todo o possível para que o comerciário tenha voz não só na esfera local, mas também nos corredores de Brasília. Nosso lema é um só: “nenhum direito a menos!”.

Lema esse que foi lançado em uma única voz pela nossa Federação dos Comerciários, que através do seu presidente Luiz Carlos Motta, tem sido nosso mais importante pilar para inúmeras conquistas.

Posso afirmar que como legítimos representantes de uma das mais laboriosas categorias de nosso País. E como cidadão, tenho muito orgulho de saber que a Avaré e as cidades que pertencem a nossa base territorial podem contar com uma organização sindical transparente, representativa e combativa, no qual as nossas lutas são baseadas nos ideais de respeito aos direitos adquiridos e em prol da defesa intransigente dos nossos
comerciários!

É com o reforço desse compromisso que iniciamos 2018 e reafirmamos aos nossos sindicalizados que o Sincomerciários Avaré está e sempre estará de portas abertas a categoria comerciária com a promessa de uma luta incansável pelos nossos direitos e numa só voz: “NENHUM DIREITO A MENOS!”

FLÁVIO ZANDONÁ
Presidente

Deixe uma resposta